Identidade Visual

 

Segundo a American Marketing Association, marca é o 'nome, termo, design, símbolo ou qualquer outra característica que identifica os produtos ou serviços de um vendedor como diferente dos demais'. Assim, aquela história de dizer que logo é marca pode ser um péssimo negócio para o processo de construção de marcas de valor, limitando o potencial de criar diferenciais significativos.

Mais que um símbolo, a marca possui uma alma própria. E é essa alma que deve ser evidenciada para torná-la única expondo-a em representações gráficas, digitais, audiovisuais etc.

 
 
 

Toda identidade corporativa deve atender a real necessidade da empresa, já que seu uso demanda uma racionalidade maior sobre os recursos que estarão à disposição no dia a dia. Em alguns casos, a maioria dos itens da identidade visual estará concentrada no campo digital, como mídias sociais, assinaturas de e-mail, cartão digital, etc.

Cada vez mais, o uso digital se faz presente na rotina das empresas. Porém, existem vários elementos de identidade que são físicos e podem dar aquele toque especial. A frota é um grande exemplo, pois ela leva a marca em cada quilômetro rodado, como um outdoor ambulante.

 
 
 

Todo estúdio de branding responsável ajudará a empresa a avaliar o melhor uso para seus materiais de identidade, podendo destinar melhor a verba sem esbanja-la. Um bom exemplo disso é a papelaria, que pode ser um monte de entulho impresso envelhecendo e tomando espaço no escritório.

Existem empresas e empresas. Algumas precisam de vários blocos de papel timbrado enquanto outras precisam do arquivo para imprimir apenas quando necessário, e o valor de toda a impressão nesse caso, representa uma grande economia!

Como é a identidade da sua empresa? Conta pra gente... hello@cesarebrand.com

 
 
 
 
Gustavo PereiraComment